13 de Julho de 2017 | 17h13

Breja Blues e Jazz nos jardins do Trianon

Amantes da música e da cerveja vã Festival Breja Blues e Jazz, que acontece de sexta (14) a domingo (16); feito por mulheres, tem como base a economia colaborativa e independente


Whatsapp

Os jardins do Teatro Trianon vão receber os amantes da música e da cerveja no Festival Breja Blues e Jazz, que acontece de sexta-feira (14) a domingo (16). O Breja é um festival feito por mulheres e tem como base a economia colaborativa e independente. Para participar não é preciso pagar entrada, mas para consumir as cervejas de forma consciente, será necessário adquirir um copo exclusivo e colecionável (R$ 10).

O evento tem apoio da Prefeitura de Campos através da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Superintendência de Entretenimento e Lazer e Fiscalização de Posturas. 

Durante os três dias do evento haverá shows, grupos de cervejas artesanais, foodtrucks (incluindo opções para os veganos), exposições e play de discos vinis, entre outras atrações. No primeiro dia, das18h à meia-noite, a música fica por conta de Cristina Herlander, Elisa Balbi, Simone Pedro e Goyaba Discos. No sábado, das 14h às 22h, é a vez de Black Dogs, Blues Band Vidro e DJ Cossolosso. No domingo, no mesmo horário, encerrando o evento, entram em cena Anum Sensations, Moranes Jazzy Jam e DJ Shama.

"O Breja é um festival que nasceu em Campos, rodou várias cidades e volta para Campos com esta edição mais ligada à música.  O evento tem um saldo muito positivo em todas as cidades por onde passou. A gente sempre tem muito público, sempre tem crítica boa, as cervejas sempre são muito elogiadas também. Para nós, é uma felicidade enorme estar em Campos, que é nossa terra natal", comentou Lívia Amorim, uma das organizadoras do evento.

Realizado pelo coletivo Casinha, o Breja Blues e Jazz Festival entende a necessidade de consciência ambiental e é por isso que os copos dessa edição do festival, chegam como nas outras edições: ecológicos. Outro diferencial do evento é organização, feita por mulheres.

"Somos uma equipe de mulheres fazendo a produção deste evento e isso é um diferencial. A figura da mulher sempre foi explorada pela cerveja. Então, para nós, trabalhar com cerveja é um marco" analisa Lívia.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


veja também